terça-feira, 1 de outubro de 2013

FIFA 14– gráficos bonitos e controles ultrapassados

810666_largerHá algumas coisas que são certas no mundo dos games: Todo ano você terá um nove terá um novo Call Of Duty, um novo Assassin's Creed e, por fim, um novo FIFA para todas as plataformas disponíveis. Isto inclui, com certeza, o Android e o iOS.

Este ano o game FIFA 14 está de graça para ambas as plataformas, mas ele obviamente vai se valer de muitas micro-transações para obter seu lucro. Sim, muitas. Até mesmo para o "Jogo Rápido" você deve pagar R$ 10,00. Caso contrário estará preso às partidas semanais pré-definidas pela EA, ou às disputas de pênalti. É praticamente impossível fazer qualquer coisa em FIFA 14, com exceção do "Ultimate Team", que de futebol não tem nada.

screen1136x1136

Os controles são pobres e pouco intuitivos. A jogabilidade demora bastante para pegar no tranco. Como sempre comento, comandos simplesmente adaptados para telas de toque não são o futuro dos jogos mobile. A jogabilidade tem de ser pensada desde o início para este tipo de dispositivo. Obviamente FIFA 14 não entra nesta categoria.

screen1136x1136 (2)

Recursos gráficos talvez sejam o único ponto realmente positivo de FIFA 14. Eles de fato estão muito bonitos, principalmente em aparelhos de última geração, mas como já dizia o ditado, "Beleza não põe mesa". Visual é uma parte importante, mas nem só de gráficos se faz um jogo.

screen1136x1136 (1)

Este é o cenário perfeito para o surgimento de um concorrente de peso: Uma franquia acomodada em sua posição de liderança. Há de surgir um jogo de futebol competente em vários sentidos, não somente gráficos.

Fica a recomendação negativa, mas baixe-o por sua conta e risco no Google Play e iTunes App Store.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre esse post.